quinta-feira, 3 de julho de 2008











Sedentos por sangue! Os abutres morais.

Por Douglas Felliphe

&

Bruno de Alencar Laurindo

A cada novo fato violento que tem uma repercussão na mídia um grupo de “terroristas morais” reaparece sedento por sangue.

Quando esse fato envolve um menor de idade então, só faltam vibrar de alegria. Até parece que torcem para que os menores cometam crimes.

Muitos desses indivíduos são, teoricamente, “representantes do povo”, pseudo-intelectuais que se julgam representantes da sociedade civil organizada, fazendo um discurso populista pela redução da maioridade penal.

Algumas vezes utilizam argumentos que podem convencer as pessoas. Conseguem influenciar um grupo de pessoas, na sua grande maioria indivíduos que possuem pouco entendimento, ou então pessoas que se ficam chocadas com fatos isolados e, insatisfeitos com o poder público, acabam concordando com tal argumento.

Adoram comparar a realidade brasileira com outros países. É bem verdade que nos Estados Unidos a maioridade penal se dá aos 7 anos, na França 13, Inglaterra 10, Itália 14, Japão 14, Portugal 16.

Mas o que diferencia esses países do Brasil? O que eles têm que nós não temos?

Fica muito clara a diferença brutal que estamos desses países. A começar pela classificação econômica. Todos os países citados acima estão entre os “países desenvolvidos”. Nós ainda somos um “país emergente”, e pra chegar ao patamar de Estados Unidos, Japão e outros, precisamos ‘comer muito feijão’.

Será se esses abutres morais conhecem a realidade das penitenciárias do Brasil?

Cabe ressaltar que a Constituição Federal em vigor dispõe no artigo 228 que são plenamente inimputáveis os menores de dezoito anos, sujeitos ás normas da legislação especial. Assim sendo, não sabe mudança por Emenda Constitucional, sendo necessário uma nova constituinte para estabelecer a redução da maioridade penal.

O deputado Fernando Gabeira1 afirma em seu blog que “Não é preciso visitar as cadeias do Brasil para descobrir que uma parte da juventude está apodrecendo nelas...”.

Vou citar alguns números para que vocês vejam bem como nós estamos “bem classificados” no ranking2 prisional.

TOTAL DE PRESOS: 419.551
MANDADOS DE PRISÃO CUMPRIDOS: 550.000
PENITENCIÁRIAS: 1.855
AGENTES PENITENCIÁRIOS: 61.256
TAXA DE PRESOS POR HABITANTES: 221/100.000
CUSTO MENSAL POR PRESO: R$ 3.062,00

O Brasil é o quarto país do mundo em número de presos, estando à frente de países mais populosos como a Índia, por exemplo. Aliás, os 10 mais são:

Estados Unidos: 2.245.189
China: 1.565.771
Rússia: 889.598
Brasil3: 422.590
Índia: 332.112
México: 216.290
Tailândia: 161.844
Ucrânia: 160.046
África do Sul: 159.961
Irã: 150.321

Eu não quero defender a criminalidade. Mas eu quero questionar o Estado brasileiro.

Porque não são feitos investimentos para a Educação, Saúde, Saneamento básico?

Talvez seja interessante manter a criança/adolescente em uma cadeia pública, onde uma refeição custa, em média, R$ 20,00, um colchão R$ 350,00, e assim sucessivamente. Carinho, não é?

Alguém já gastou vinte reais em um restaurante? Com esse dinheiro dá para se alimentar muito bem, com direito a suco, sobremesa, e ainda ganha um cafezinho na saída.

Conversando com meus botões, tenho a impressão de que alguém leva alguma vantagem na redução da idade penal. Não sei, será?

Reduzindo a maioridade penal teríamos mais alvos para enviar para as cadeias. E por falar de novo em cadeias, se alguém conseguir me explicar como um presídio público recupera um detento eu pago um almoço.

Se as penitenciárias não conseguem recuperar adultos, o que dizer dos menores?

O PCC e o Comando Vermelho iriam educar os jovens?

Ninguém esta disposto a analisar o contesto social e a omissão do Estado que leva as crianças e jovens a cometerem crimes, alguns bárbaros e violentos como o caso do garoto João Helio.

Para que analisar as causas? Iremos chegar a um denominador de que o Estado precisa ser mais efetivo em seu tratar. Isso dá trabalho, e trabalhar é uma coisa que definitivamente eles não gostam.

Então é melhor ficar assim.....

“Reduzimos a idade penal o PCC e o Comando Vermelho cuidam deles pra nós”! É assim que esses abutres pensam.

Porque é utopia imaginar que as cadeias de nosso país ajudem alguém, a não ser preparando mais e mais soldados para o crime.

Têm outra explicação? Fiquem a vontade para comentar.

Referências Bibliográficas

1. Pesquisa realizada no site http://www.gabeira.com.br/noticias/noticia.asp?id=259, ás 08:00, do dia 04/07/2008

2. Pesquisa realizada no site http://blogdocejunior.wordpress.com/2007/10/02/as-cadeias-do-brasil/ ás 08:20, do dia 04/07/2008.

3. Pesquisa realizada no site do Ministério da Justiça http://www.mj.gov.br ás 08:10, do dia 04/07/2008.

.

2 comentários:

Patricia disse...

EDUCAÇÃO!!!
Deveria ser a base de tudo.
Não sei se dá pra educar o q já esta deseducado. Mas dá pra educarmos crianças para que amanha na´sejam marginais.
E a respeito dos "nossos governantes", é nós tomarmos vergonha na cara e nao votar neles. Opapel deles é nos representar e cuidar/buscar nossos direitos, se nao fazem a culpa é nossa. Nós colocamos eles lá. Eles nos roubam, nos tiram a dignidade de ser humano, eles zobam de nós.
E o q acontece? NADA queridos. $ anos se passam e nós colocamos eles novamente lá.
Tá na hora da gente se educar também. Somos muito mais mais que eles. A gente tem força, mas como todo bom brasilçeiro nao sabe. Deixa o comando pros "esperto".
ACORDAAAA

Bruno disse...

Concordo com você Patricia... tens razão no que tange a nossa culpa...

Vou escrever algo sobre isso...

É um tema muito interessante...

Até porque, de certa forma, os políticos representam a sociedade que somos...