quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Sempe a sua espera.....

Homenagem a uma grande amiga

Sempre me avisaram para eu ficar esperta, pois o amor nunca avisa quando virá.

Nunca dei muita bola para isso, porem confesso que nunca me saiu da cabeça.

Um dia ouvi que o amor e a felicidade andam de mãos dadas e sempre passam por nós e poucas vezes o vemos. Pois bem, eu o vi de frente ao meu portão.

Não sei se é bem assim, se de fato era o amor de mãos dadas com a felicidade, mas sei que ele sempre insiste em me estender as mãos. Confesso que ele passou aqui em frente de casa sem avisar mesmo, porem eu estava com os olhos bem abertos.

Lembro-me como se fosse hoje, ele passou e me olhou. Não me recordo bem ao certo o que me levou para frente de casa. Talvez fui colocar o lixo para fora ou fui fechar o portão? Não sei o motivo, mas sei que lá eu estava quando ele passou..... Passou e nunca mais saiu de lá!

Confesso que ainda hoje, ao passar no portão,  meu coração pede para ficar um pouco mais, quem sabe ele dobre a esquina e venha em minha direção.

Ainda posso sentir seu olhar a me fitar. Não vi maldade em seu olhar, na realidade não vi nada, foi à ausência das coisas que me fizeram derramar-me dentro de seu olhar. Mas era apenas um olhar, pelo menos foi o que eu pensei.

Logo depois, o mesmo olhar. Não era mais no portão, já era na missa. Parecia que estava a me seguir. E eu, estava gostando.

O olhar do portão, depois o olhar na missa, logo depois o olhar na praça e assim foi olhando eternamente, ate hoje.

Espero que seu olhar nunca me perca de sua vista, pois para mim, basta olhar para mim mesma que já o vejo refletido em meu ser.

A distancia não nos permite mais nos fitarmos com olhares, porem aquele primeiro olhar se eternizou no tempo e em nosso coração. Fecho os olhos e o encontro aqui, olhando e me falando silenciosamente que me ama. Afinal, saudades também é uma forma de fica, que seja assim, que ele sempre fique.

Volto para o portão, vou ficar por aqui.

Já que o amor e a felicidade vêm sem avisar, vou ficar por aqui, quem sabe ele resolve chegar de surpresa.
 

4 comentários:

Você em Pauta disse...

Ola,

Sempre tive o desejo de escrever algo a essa amiga, porem nao gosto de palavras que conjugadas no imperativo perfeito se tornem ordem. Gosto de palavras que passam pelo processo do nascimento, da gestação.

Assim foi com ela, as palavras foram nascendo no momento em que ia me contando sua historia de amor.

Amiga, que essas palavras possam servir como balsamo a seu coração e perfumar essa linda historia de amor que estas a viver.

Beijos

Deici disse...

Meu amigo, fico muito agradecida por contar minha historia assim com suas belas palavras. E que o perfume se espalhe contagiando a todos, para q possam tbm viver uma bela historia de amor..pq é mtooo boom...hehe
Felicidades sempre amigo
BjoOs

angela disse...

Um romance e tanto!

Gaby Soncini disse...

Lindo *.*