quinta-feira, 29 de julho de 2010

Um cego teimoso...

 

E assim escrevo,

Mais como sente e mais nada.

E assim escrevo, ora bem ora mal.

Ora acertando o que quero dizer ora errando,

Caindo aqui, levantando ali

Mas indo sempre no meu caminho como um cego teimoso.

2 comentários:

Gaby Soncini disse...

As palavras também deslizam e fogem de nós, muitas e muitas vezes.

Lindo sempre tentar!

Beijos!

Impulsiva disse...

Oi, que bom que algum caminho te levou ao meu blog, adoro conhecer pessoas, fazer novos amigos!!
Muito carinhoso seu comentário.
Obrigada!!!

Quanto ao seu texto, me sinto assim as vezes, não consigo escrever o que quero dizer...mas o importante é seguir, teimar como disseste.
Adorei!!

Beijos,
Kenia.